segunda-feira, 20 de novembro de 2017

"Frases de Mainha - a Peça" e a divertida relação de uma mãe tipicamente soteropolitana e seu filho eternamente adolescente

Thiago Almasy e Sulivã Bispo em cena como Junior e Mainha no Teatro Eva Herz (Foto: Erick Paz/Div) 



Há cerca de três anos, no Facebook, surgiu uma fanpage em que os administradores pediam aos seguidores que enviassem frases que ouviram de suas mães ao longo da vida. Foi um post muito interessante e engraçado de pessoas compartilhando frases em comum comprovando o que todo mundo diz: "mãe é tudo igual, só muda de endereço".

O resultado do trabalho de captação de frases e posts na fanpage, após algum tempo, veio em forma de uma webssérie no Youtube que claro, como não poderia deixar de ser pelo tema, ganhou imediatamente os internautas. Em cenários reais, os personagens Mainha e "Júnio" (como a pronúncia em bom baianês, embora o nome correto seja Junior), e os cíclicos Keylane, Meire, Cíntia (a vizinha fofoqueira), entre outros, começaram a mostrar o jeito de ser de uma família tipicamente soteropolitana.

"Mainha" e seu gestual: quem nunca viu a mãe se bolir toda pra enfatizar uma repreensão?


A aceitação foi tanta - há vídeos com quatro milhões de visualizações - que os idealizadores do canal decidiram por um voo mais alto: tiraram os personagens da telinha dos smartphones e notebooks, e os trouxeram para a vida real com "Frases de Mainha - a Peça", em cartaz neste mês de novembro no Teatro Eva Herz (Livraria Cultura, no Salvador Shopping). O sucesso se repetiu: o espetáculo estreou com ingressos esgotados, o mesmo acontecendo com as duas sessões extras que foram abertas a pedido dos fãs.

Para vocês terem uma ideia, saí da peça às 18 horas, na primeira matinê extra, no último sábado, 18, e vim fazer este post após conferir no site de vendas que ainda haviam dois lugares disponíveis para o próximo sábado, 25. Ao terminar o texto, quando fui printar de novo a tela, os lugares haviam sumido.



Final de espetáculo: olha a selfie! (Foto: Silvianasci/salvadoremumdia)



Bom, fui assistir à peça esperando um apanhado do que já conhecia dos episódios da internet (aqui), em esquetes curtos e muitas piadas. Surpresa. Com direção de Tiago Romero, os dois personagens passeiam no palco a vida típica de uma mãe solteira, negra, baiana, com seu filho pós-adolescente, fazendo a plateia rir do início ao fim, passando por alguns poucos mas expressivos momentos de emoção (porque cada piada vai fazer o espectador lembrar de, pelo menos, alguma coisa de sua vida em família com sua mãe). Não sei vocês, mas me vi repetindo toda hora "é assim mesmo", porque a relação mãe/filho está toda lá.

O humor surpreende porque não se vale, como é usual em vídeos da internet, da depreciação da pessoa e de forma alguma da relação mãe/filho. Ao contrário, está implícita a realidade de boa parte das famílias brasileiras cujo chefe é a mulher, que se vira pra criar sua prole muitas vezes sozinha. Mainha, também, não é uma mulher qualquer: tipicamente baiana, no gestual, movimentos, no vestir e no palavreado (há um vídeo que dá a tradução da maioria dos termos usados como "espótico", "intiorgo", entre outros - procure na fanpage que acha, aproveite e vá revendo alguns vídeos pra se familiarizar, se ainda não conhece), mas dona de si, que trabalha, tem seu carro, vai à academia, viaja, presenteia o filho com smartphone de última geração, em suma, a mulher empoderada.

Prepare-se para rir muito e se emocionar também. É um espetáculo pra todas as idades sem susto, uma peça muito divertida, com belos cenários, figurinos (Mainha é elegante no estilo dela) e trilha sonora. O Teatro Eva Herz, de pequeno porte, permite uma interação mais próxima com o palco, sem perda para o espetáculo. Sulivã Bispo, na pele de Mainha, embora bem pouco, consegue interagir com 'cacos' às intervenções da plateia, que conhecedora da história da webssérie não exita em se meter na conversa de mãe e filho, levando, claro, "aquela olhada' que só Mainha sabe dar na hora de repreender. Nada que perturbe o andamento do espetáculo.

Antes de continuar a leitura, dá uma olhada no city tour do "Frases de Mainha":



Mas por que um blog de turismo recomenda a peça? Em primeiro lugar, porque é um blog de lazer e cultura também. Em segundo, porque entre os vídeos da webssérie, há alguns em que os personagens passeiam pela cidade (você vai ver pontos turísticos, lugares típicos como a feira de São Joaquim, praias, shoppings) e pela Bahia. Em terceiro, por que a peça é um mergulho cultural em uma família tipicamente soteropolitana. Posso garantir: é daquele jeito mesmo!

Sulivã Bispo, como Mainha, encarna com perfeição a mulher baiana bem resolvida - quer dizer, não em relação ao filho, do qual não larga de jeito nenhum - que cria sozinha a prole, trabalha, dona de si e de sua casa, sogra bem típica, mãe, mais ainda. Tiago Almasy encarna o eterno adolescente ("já passei dos 20 anos, Mainha") acomodado, que quer sair, mas não sai da barra da saia da mãe de jeito nenhum. Em algum momento você se verá ou verá seus filhos neles.

Conheça os criadores do "Frases de Mainha

No ano passado, no Dia da Consciência Negra, a equipe do "Frases de Mainha" fez este vídeo para o site A Tarde, resumindo o objetivo do projeto. Veja e conheça a equipe:



O canal do Youtube e a fanpage Frases de Mainha, com os atores Sulivã Bispo (Mainha) e Thiago Almasy (Júnior), tem produção de conteúdo e gestão de Erick Paz e Caio Cezar Oliveira.

Erick e Caio, os criadores


O designer e videomaker Erick Paz e o Relações-Públicas Caio Cezar Oliveira são baianos, nascidos em Salvador, e sócios em uma empresa de comunicação integrada. O projeto começou de uma brincadeira de Caio que, com saudade da mãe que estava viajando, passou a postar, a partir do dia 22 de fevereiro de 2015, em seu próprio perfil do Facebook, frases ditas por ela, divertindo os amigos que curtiam e compartilhavam a brincadeira.

"Usamos a musa inspiradora da página, que é Carla Swamy (mãe de Caio). O primeiro post tem uma foto dela", explica Erick. Das postagens de Caio, surgiu a ideia de criar uma fanpage própria. "Começamos só pelo Facebook, depois Instagram e por último o Youtube. O sucesso da página aconteceu depois de cinco meses ainda só com as frases, que chegavam do Brasil todo", conta. Ao criar os textos, também se inspiravam em Lucimary Sousa, mãe de Erick, procurando evitar situações e uso de termos que tanto ela quanto Carla não pudessem ouvir nem gostassem.

O nome "Frases de Mainha" foi escolhido por ser bem nordestino e por falar diretamente com os filhos e as mães. "Depois de quase um ano só vivendo de frases e enquetes, eu e Caio tivemos a ideia dos videos". Com roteiro pronto, chamaram o ator, Thiago Almasy, que, por sua vez, "deu a ideia de chamar Sulivã (Bispo), que era a cara da Mainha que queríamos".

De acordo com Erick, a resposta do público sempre foi muito positiva, de gente de várias partes do Brasil e brasileiros que vivem no exterior. Há vídeos que alcançaram a marca de quatro milhões de visualizações. Os textos saem de forma coletiva, mas alguns episódios ficaram por conta de Thiago apenas, com os demais adaptando com improvisos e surpresas na hora da gravação.

Sobre a personagem Mainha, ele define: "é meio camaleão. Ela se adapta de acordo com o que vai vivendo com o filho, mas, não deixa de lado sua independência. Ela trabalha e não é pouco!" Já o Junior... somos todos nós, que já aprontamos muito e ainda continuamos aprontando com as nossas mães".

Finalmente, a pergunta que não quer calar: qual o verdadeiro nome de Mainha? "Quando fiz o primeiro roteiro, só coloquei Mainha. Mas, depois, num consenso, decidimos deixar o nome dela assim mesmo, por se caracterizar como toda e qualquer mãe do mundo".

Agora que terminou, como aqui falamos de turismo, um pouco da Feira de São Joaquim com Mainha e Junior



sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Fortes da Barra terão entrada gratuita para crianças em dia especial

Praia do Porto da Barra com o Forte de São Diogo ao fundo (Foto: Max Haack/Secom Salvador)

Se a desculpa era o gasto, não tem mais. Para celebrar o Dia Mundial da Criança, a entrada de crianças (até 12 anos) será gratuita nos fortes do Porto da Barra na próxima segunda-feira, 20. Os fortes Santa Maria e São Diogo, que um dia fizeram parte do sistema defensivo da Cidade da Bahia, agora abrigam os espaços culturais Pierre Verger da Fotografia e Carybé das Artes, respectivamente.

O dia 20 de novembro, data em que foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos da Criança em 1959 e a Convenção dos Direitos da Criança em 1989, é reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) como Dia Mundial da Criança.

Forte de Santa Maria (Foto: Jefferson Peixoto/ Secom Salvador)

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Bell Marques levará o Carnaval de volta à sala principal do TCA

Bell no primeiro show  pelos 40 anos do Camaleão no Espaço das Américas em São Paulo  (Foto: Fábio Cunha/Divulgação)

Um dos mais populares cantores de Salvador e da Axé Music, que estava lá nos anos 80 quando o movimento começou, Bell Marques vai se apresentar na sala principal do Teatro Castro Alves no dia 18 de janeiro do próximo ano. Cantor essencialmente de músicas de carnaval, feitas pra literalmente tirar a galera do chão, Marques será levado ao palco do TCA pelas Voluntárias Sociais da Bahia em prol da ampliação do Hospital Aristides Maltez. O mote da apresentação é o aniversário de 40 anos do Bloco Camaleão, que já estão sendo comemorados, mas serão completados no Carnaval de 2018.

Na próxima segunda-feira, 20, em entrevista coletiva  às 9 h, no HAM, em Brotas, a presidente da VSBA, Aline Peixoto, Bell e o presidente da Liga Bahiana contra o Câncer, Aristides Maltez Filho, vão lançar o espetáculo e a venda dos ingressos.

O TCA há muito tempo não recebe em seu palco um artista moldado no Carnaval de Salvador para um show desta natureza, o que torna o espetáculo especial. Nos anos 80 era comum a presença de músicos do Carnaval naquela sala, mas os espetáculos acabaram sendo proibidos depois de uma reforma realizada nos anos 90, porque a plateia não se comportava, subia nas poltronas e causava danos ao pular como se estivessem na Praça Castro Alves. A presença de Marques na sala principal mostra-se uma exceção à regra e algo inédito na recente história do teatro.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Chegaram! Franceses vencem a regata transatlântica Jacques Vabre


Os franceses cumpriram a antiga rota do café pelo Oceano Atlântico em 7 dias e já estão curtindo as delícias de Salvador

Os velejadores franceses Thomas Coville e Jean-Luc Nélias, no Sodebo Ultim', classe Ultim, venceram, na manhã desta segunda-feira, 13,  regata Transat Jacques Vabre. Eles cruzaram a linha de chegada, na Baía de Todos os Santos, às 7h59 (8h59 no horário de Brasília), informou nesta manhã a Prefeitura de Salvador, que apoia o evento através da Secretaria de Cultura e Turismo. Os velejadores partiram de La Havre, na França, no último dia 5.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Salvador recebe o primeiro cruzeiro da temporada no próximo feriado

(Foto: Rosilda Cruz/Bahiatursa)

Eles estão de volta. A temporada 2017/2018 de cruzeiros marítimos pelo litoral brasileiro começa, em Salvador, no próximo dia 15 quando chega o navio MSC Preziosa, trazendo a bordo 4,3 mil turistas procedentes do porto de Santa Cruz de Tenerife, costa da Espanha.

Os turistas serão recebidos por baianas tipicamente trajadas que vão dar as boas vindas e distribuir fitas do Senhor do Bonfim. Haverá, também, show do cantor Ed Bala, com sua fanfarra mágica, motivos circenses e músicas de antigos carnavais, animando a chegada no Porto de Salvador.

Posto de atendimento ao turista do aeroporto foi renovado e ampliado

O SAT fica próximo ao desembarque doméstico. Há postos também na Rodoviária e no Pelourinho

De acordo com a Bahiatursa, o posto de serviço de atendimento ao turista no Aeroporto Internacional de Salvador está maior e foi melhor equipado para a alta temporada. Localizado no saguão de desembarque doméstico, nele o turista conta com atendentes bilíngues (inglês e espanhol), além de folhetos e mapas de Salvador, do Pelourinho e das 13 zonas turísticas do estado. A Bahiatursa mantém ainda atendimento ao turista na Estação Rodoviária de Salvador, no Pelourinho e no Mercado do Rio Vermelho.

O SAT Aeroporto funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 20 horas. E aos sábados e domingos das 9 às 19 horas. No Pelourinho, o horário vai das 8h30 às 18 horas, diariamente. E aos sábados e domingos, das 9 às 17 horas, mesmo horário do posto da Rodoviária. O posto do Mercado do Rio Vermelho atende das 8h30 às 18 horas, de segunda a sexta; das 9 às 17 horas, aos sábados, e das 9 às 14 horas, aos domingos. (Com informações e foto da Bahiatursa)

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Visite o Pelourinho acompanhando os personagens de Jorge Amado

Cenas dos livros de Jorge Amado transportadas para as ruas de pedra do Pelourinho (Fotos: Anderson Moreira/Div)


Caros turistas que são fãs da literatura de Jorge Amado (1912-2001), não é segredo pra ninguém que as ruas do Pelourinho e seus moradores serviram de inspiração para o escritor. Ele próprio teve residência ali por um tempo. E é lá que hoje funciona a sede da Fundação que leva seu nome.

Pois a boa dica para a visita ao Centro Histórico ficar mais interessante é acompanhar os passos dos personagens em cenas baseadas na obra do artista, percorrendo as vielas e largos do Centro Histórico de Salvador.

Na Cantina da Lua, uma das paradas das cenas, os visitantes farão parte das cenas de Jorge Amado


Isto pode ser feito a partir desta sexta-feira, 10, todas as sextas-feiras, a partir das 19 horas, até o final do ano, no Circuito Jorge Amado. Entre as cenas escolhidas nos romances, estão previstas as de Gabriela se banhando do orin de Yemanjá em plena Rua das Laranjeiras; o funeral festivo de Quincas Berro D´Água; e a descoberta pelo personagem Massu de que ele será o Compadre de Ogum.

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Palácio da Aclamação mudará atividade de museu-residência para cerimonial de eventos particulares

Fachada do jardim, voltada para o Passeio Público (Fotos: Matheus Pereira/GOVBA)


O Governo do Estado confirmou nesta segunda-feira, 6, que o Palácio da Aclamação, antiga residência dos governadores, localizada no Campo Grande, será mesmo transformado em casa de cerimonial para eventos particulares. A notícia havia sido antecipada pelo jornalista Ronaldo Jacobina, do jornal e site Correio*. O governo, no entanto, não revelou se o imóvel perderá totalmente a sua função de museu-residência, embora já estivesse fechado à visitação desde as duas últimas administrações estaduais.

O requinte interior do palácio agora só poderá ser visto pelos convidados especiais dos eventos a que se destina

Regata internacional refaz "rota do café" em direção a Salvador


Velejadores deixam porto de La Havre (França) em direção a Salvador (Foto:Jean Marie Liot/Setur)


A antiga "Rota do Café", que trazia para as Américas (em busca do produto) navegadores de diversas partes do mundo, está sendo revivida desde este domingo, 5, pelos velejadores da  13ª edição da Regata Transat Jacques Vabre (TJV).

Eles partiram da cidade de La Havre, na França, e devem chegar à Baía de Todos os Santos, em Salvador, no próximo dia 12, após cumprir as 4.350 milhas náuticas (8.056 quilômetros) da travessia do Atlântico. Salvador voltou a ser o ponto de chegada da prova depois de 10 anos. Antes disso, foi destino final nos anos de 2001, 2003, 2005 e 2007.

Forte de São Marcelo e Cidade Alta: vista que espera os velejadores ao chegar à Baía de Todos os Santos (Silvianasci)

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Segue a disputa Governo - Prefeitura em pontos turísticos de Itapuã

A meta do Governo da Bahia é a de que a Lagoa do Abaeté volte a receber turistas (Foto: Camila Souza/GOVBA)

Quando dissemos que a rivalidade entre governo e prefeitura ainda iria render assunto para o nosso blog de turismo, não erramos. Depois dos centros de convenção (veja post anterior), as duas esferas de governo voltam as suas ações para o bairro de Itapuã. Sim, isso mesmo: enquanto uma anunciou obras em andamento no Parque do Abaeté, a outra vai fazer a requalificação da região do Farol de Itapuã, duas atrações turísticas que ficarão mais bonitas para visitar. Esperemos que a segurança em ambas também seja reforçada.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Maratona de fotografia com celular cujo foco é a história e cultura do Pelourinho levará jovens ao Centro Histórico de Salvador

www.salvadoremumdia.blogspot.com
A maratona começa no Terreiro de Jesus e passa pelo Cruzeiro de S. Francisco (Foto: Silvianasci/Salvadoremumdia)

Quem gosta de história e turismo, tem bom olhar para a fotografia e carrega sempre consigo um smartphone, a diversão do fim de semana é acompanhar a “Maratona Clic – de Olho na Imagem e na História”, um concurso relâmpago de fotografia destinado a jovens de 14 a 24 anos que vai acontecer no Centro Histórico de Salvador no sábado, 28 de outubro, das 10 às 14 horas.

www.salvadoremumdia.blogspot.com
Os participantes devem ter um olhar especial para a história do Pelourinho e suas curiosidades


O foco dos participantes deve ser a história, a cultura e o clima mágico do Pelourinho e o registro só pode ser feito com o celular. Os concorrentes terão apenas uma hora para fazer os seus registros. Antes de saírem para fotografar, a professora Lucia Goes dará uma aula sobre interculturalidades, orientando os participantes na escolha dos temas das fotos.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Música clássica surpreende visitantes do Palácio Rio Branco

O Palácio Rio Branco, hoje sede da Secretaria de Cultura do estado, é uma das pérolas do Centro Histórico de Salvador

Quem foi ao belo Palácio Rio Branco, monumento localizado no Centro Histórico de Salvador, hoje, 23, teve uma grata surpresa com a apresentação do grupo TCA Instrumental, formado por sete músicos da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba). O show gratuito faz parte do projeto Segundas Concertantes, de apresentações musicais em espaços alternativos às salas de teatro ou de concerto.

O concerto foi gratuito e a visitação ao palácio também é. Lá funciona um museu (Fotos acima: Paula Fróes/GOVBA)


O interessante do projeto é que leva ao público uma forma diferente de apreciar a música clássica, pois além da execução de peças de compositores como Bach, Mozart, Tchaikovsky e Beethoven, os músicos explicam a história por trás das obras e aspectos da evolução dos estilos eruditos.

O Rio Branco fica na Praça Municipal onde também pode ser vista a parte alta do Elevador Lacerda (Foto: Silvianasci)


O TCA Instrumental é composto pelos músicos Ana Zanata (violino), Diogo Pimentel (violino), Daniel Aly (violino), Antônio Amorim (violino), Rodolfo Lima (contrabaixo), Sandra Romero (oboé) e Stephan Sanches (trombone), com participação de Jean Marques (fagote).

Boas notícias: Salvador terá dois grandes centros de convenções

Prefeitura anunciou hoje a construção de seu equipamento. Governo do Estado informa que vai construir um novo CCB possivelmente no Parque de Exposições

Estamos de volta! Primavera no auge, Verão chegando e a temporada de navios, inspiração maior para o nosso blog e o seu título (que algumas pessoas ainda não entendem - "por que Salvador 'em um dia'?", "'E é possível conhecer Salvador em um dia?"), está às vésperas de começar. Depois falaremos sobre isso. O assunto agora é centro de convenções de grande porte (temos alguns de menor porte em hotéis da cidade), equipamentos do qual Salvador está em carência.

A novela parte para um final bem feliz: tínhamos um até 2015, passamos a nenhum, agora serão dois. Pelo menos é esta a disposição do Governo do Estado, sob a liderança do petista Rui Costa, e da Prefeitura de Salvador, que tem à frente o demista ACM Neto. Mas política não é o nosso foco, embora a rivalidade entre eles pra ver quem chega primeiro ainda renda bastante assunto para o turismo. E este é um deles.

Vista da área onde ficará o equipamento municipal. No alto, á esquerda da foto vê-se uma parte do antigo CCB desativado


segunda-feira, 1 de maio de 2017

Rios inspiram nova mostra de fotografia no Museu Carlos Costa Pinto

Museu Carlos Costa Pinto (silvianasci/salvadoremumdia)

Se tem um casarão de que eu gosto é o que abriga o Museu Carlos Costa Pinto, no Corredor da Vitória, em Salvador. Ele guarda uma coleção de arte, porcelanas, pratarias e jóias fantásticas e uma história de amor entre as suas paredes. Aí alguém inventa de fazer ali uma exposição de fotografia. Pronto: um motivo mais que perfeito para uma visita.

As imagens registradas pelo fotógrafo Carlos Barral em andanças pelos rios do país, principalmente na Bahia, e no mundo, estarão reunidas na mostra Caminho que Anda, com a curadoria de Paulo Darzé Galeria, que será aberta no dia 4 de maio, às 19h, com coquetel para convidados, no Museu Carlos Costa Pinto, no Corredor da Vitória. A partir de 5 de maio aaté 11 de junho, das 14h30 às 19 h, a exposição será aberta para ao público com ingressos a R$10 (inteira) e R$ 5 (meia).